Solicite Contato

Auditoria Legal Imobiliária – Assistência Ideal para Negócios

auditoria imobiliáriaCrédito: Pixabay | jarmoluk

Na hora de fazer investimentos no mercado imobiliário, seja comprando, vendendo ou construindo, é fundamental contar com o acompanhamento de um auditor imobiliário. Com seus conhecimentos jurídicos, esse profissional irá garantir mais segurança na elaboração de documentos e no processo de transação, a fim de que os interessados fiquem cientes dos riscos e benefícios do negócio.

Como é feita uma auditoria imobiliária?

O serviço costuma ser atribuído a um advogado devidamente preparado para a tarefa. Esse especialista executará uma série de estudos, investigações e análises das condições legais, administrativas e patrimoniais do imóvel, fornecendo aos interessados informações relevantes sobre todos os aspectos da negociação. Tal procedimento ocorre sob conceitos do Direito Imobiliário, Urbanístico e até Ambiental.

Qual a função desse trabalho?

A auditoria imobiliária envolve aspectos extracartoriais e deve realizar a identificação e a regularização de problemas nos documentos de um patrimônio familiar ou empresarial, que pode estar desatualizado ou com obrigações fiscais não cumpridas; o fornecimento de informações jurídicas e administrativas para investidores, compradores e vendedores; a consultoria em contabilidade financeira e em casos de fraudes, pendências judiciais e investigações; e a disponibilização de relatórios sobre as condições de sustentabilidade de uma área. Com um serviço eficiente de auditoria legal imobiliária, é possível saber o valor real do patrimônio a ser negociado.

Qual o melhor momento para procurar um auditor imobiliário?

O ideal é que o auditor imobiliário seja acionado antes do início da negociação de venda ou aquisição imobiliária. Assim, ele terá mais tempo para analisar a situação, verificar se as condições da transação são satisfatórias e orientar os clientes sobre seus direitos.

Como se pode assegurar uma negociação tranquila?

Além de procurar a orientação de um auditor imobiliário, algumas medidas básicas podem contribuir para uma negociação mais tranquila e vantajosa. Confira:

  • Solicite certidões negativas de débitos tributários, trabalhistas e judiciais das partes envolvidas.
  • Caso alguma certidão apresente qualquer processo pendente, requeira documentos que comprovem o andamento processual.
  • Exija também o histórico do imóvel, no qual devem constar os antigos e atuais proprietários, a origem do bem, por quais mudanças a construção já passou etc.
  • Analise as informações dos órgãos de controle urbanístico e ambiental.
  • Atente-se aos custos com corretagem. Essa despesa é responsabilidade do vendedor e, se não constar no contrato que o comprador deve pagá-la, a obrigação continua a ser de quem estiver vendendo.
  • Realizada a negociação, só aceite as chaves do imóvel após vistoriá-lo – se possível com o auxílio de um especialista – e, se detectar problemas, só habite o local depois que eles forem solucionados.

Está enfrentando um problema parecido? Entre em contato com a Grosman para esclarecer suas dúvidas. Gostou do Post? Então compartilhe com seus amigos.